www. ▓▒░ CuRiOsIdAdEs Da BibLiA ░▒▓ .com.br
Adicione o "www.curiosidadesdabiblia.com.br" em seus Favoritos ( Veja "Postagens + Antigas!!!")

E Sodoma e Gomorra Existiram???




E Sodoma e Gomorra Existiram???
Autor: Pastor Monteiro Junior

P
ostaremos abaixo provas incontestáveis da existência e destruição de duas cidades, que para o mundo nunca teriam existido!


A principal dificuldade de algumas pessoas não crerem nos relatos bíblicos é o fato de não encontrarem indícios e provas suficientes de que estes fatos realmente ocorreram.

Mas porque uma pessoa simplesmente não encontra provas de um certo evento não significa que este não ocorreu.

Devemos levar em consideração que alguns eventos narrados na Bíblia podem até não ser provados, porque o tempo apagou completamente os vestígios de sua existência, e isso acontece não somente com os acontecimentos bíblicos, mas também com toda a historia da humanidade.

É importante lembrar que a Bíblia em si já é um artefato que se difere de todas as teorias lançadas até hoje. Não há como se comparar a Bíblia com a ciência humana, pois a Bíblia é um registro histórico que abrange aproximadamente 6.000 anos. E mesmo que se lancem criticas sobre Ela, isso não poderá invalidar o seu valor cientifico como sendo um documento histórico

Costumamos encontrar "baboseiras" na internet e diversos sites de pessoas que levantam teorias, que afirmam provar que a Bíblia é uma mentira. Todavia o que se pode avaliar é que nenhum deles mostram provas realmente consistênciais do que afirmam. Alguns até mostram conteúdos que enganariam facilmente uma pessoas que nunca estudou teologia ou não tem conhecimento sobre as descobertas bíblicas.

Gostaria de abrir um parêntese neste artigo para darmos uma pequena demonstração do que estamos falando.

Já pude encontrar matérias que afirmavam que a Bíblia era mentira, simplesmente baseadas em especulações como: "Para onde foi toda água depois do dilúvio?" Ou: "Como noé fez para caberem mais de 30 mil espécies de animais diferentes dentro da Arca?" Ou mesmo coisas do tipo; "Com quem casou Caim se não haviam outras pessoas, senão os da sua família? "Se a Bíblia é real onde ficam os dinossauros em meio a tudo isso?".

O que nos revolta (e a este Blog ▓▒░ CuRiOsIdAdEs Da BibLiA ░▒▓ também) a respeito de tais matérias é que geralmente quem as escreve nem ao menos se dá ao trabalho de ler os textos bíblicos antes de publicá-las.

Vou dar um exemplo disso:

Em um dos sites que continham o tema "A Bíblia é uma mentira", o texto cobrava da Bíblia uma resposta sobre, como Noé teria feito para colocar aproximadamente 30 mil espécies de animais diferentes numa arca tão pequena.

Esta questão parece ser difícil de ser respondida, mas na realidade é muito simples encontrar uma resposta clara sobre isso, assim como as outras que citamos acima, e que o leitor poderá ler mais detalhadamente sobre este assunto em outras de nossas matérias.

Primeiro o site mentiu afirmando que a Arca teria apenas 30 metros de cumprimento, um extremo absurdo. Depois cobrou uma resposta de uma questão a qual a Bíblia nunca mencionou, pois Ela não afirma que Deus mandou colocar na arca todas as espécies de animais, mas sim apenas vertebrados terrestres - aqueles que caminham sobre a terra e respiram através de narinas (Gênesis 7:22). Isso não inclui animais marinhos, vermes, insetos e plantas.

Há menos de 350 famílias de vertebrados terrestres vivos. A maioria destes são do tamanho de um gato doméstico ou menor. Se cada família taxonômica estivesse representada na arca por um par de espécimes, e com as poucas famílias "limpas" representadas por sete pares, a arca deveria conter menos do que 1000 indivíduos. A arca poderia provavelmente acomodar dez vezes este número.

A questão de espaço para os animais na arca não é um problema difícil, e obviamente Noé não levou animais adultos pois era preciso mais espaço e mais comida, é bem mais provável que tenha levado filhotes, pois também resolveria a questão do peso, uma vez que um elefante adulto pesando quase uma tonelada, seu filhote pesaria apenas alguns quilos e não mediria mais que um metro e meio.

Como vimos no pequeno exemplo acima, muitos nem mesmo sabem do que estão falando, provavelmente estão apenas repetindo o que viram em outros sites e assim "uma mentira repedida varias vezes torna-se uma verdade".

Embora muitas provas a respeito dos acontecimentos bíblicos terem sido consumidas pela tempo, podemos afirmar que a Bíblia ainda é uma das fontes históricas que mais contém provas a seu respeito.

Praticamente não existe um fato que não tenha pelo menos um pequeno indicio histórico ou prova arqueológica e é o que você verá também no texto a seguir que fala sobre o tema principal desta postagem, o texto é longo e requer paciência, porém a leitura prende a atenção... Boa Viagem!


SODOMA E GOMORRA PRIMEIROS INDÍCIOS.

"Então o Senhor, da sua parte, fez chover do céu enxofre e fogo sobre Sodoma e Gomorra. E Abraão levantou-se de madrugada, e foi ao lugar onde estivera em pé diante do Senhor; e, contemplando Sodoma e Gomorra e toda a terra da planície, viu que subia da terra fumaça como a de uma fornalha. (Gn 19.24, 27-28 )."

A muito se especula se Sodoma e Gomorra teriam realmente existido, e se sua destruição teria ocorrido conforme narra a Bíblia.

O caso destas duas cidades que a Bíblia se manifesta a respeito delas de forma tão dura, e narra uma catástrofe sem igual na história da humanidade, encaixa-se exatamente nos casos que mencionamos minutos atrás, pois parecia não haverem provas nem mesmo da existência de duas cidades com este nome.

Muitos cientistas consideravam este caso um absurdo, pois não puderam ser encontrados até então, nenhum registro se não a própria Bíblia. Simplesmente nenhuma cultura antiga segundo os sábios e eruditos do nosso tempo, sequer mencionou a existência de Sodoma e Gomorra.

No entanto isto é uma cruel mentira.

A verdade é que só encontramos algo, quando estamos procurando.

Existem provas arqueológicas que mencionam não só Sodoma e Gomorra mas também todo um contexto capaz de remontar partes da Historia destas cidades e das cidades e regiões a sua volta.

Por volta dos anos 1960, G. Pettinato e P. Matthiae foram os responsáveis pela descoberta da antiga cidade de Ebla (Tell Mardikh), a principal cidade síria do III milênio a.C. Como toda grande cidade do passado, Ebla possuía uma vasta biblioteca de aproximadamente 17 mil tabletes cuneiformes. Um desses tabletes foi publicado por Pettinato em 1976, e revelou algo surpreendente. A inscrição falava sobre cinco cidades: Sodoma, Gomorra, Admá, Zeboim e Zoar. A mesma seqüência que aparece em Gênesis 14:2 e 8. Também mencionava o nome de Abraão.

Sabe-se que Ebla foi um grande centro comercial e mantinha relações econômicas com varias cidades do antigo Oriente Médio, sendo destruída por volta do ano 2300 a. C. pelo rei Naramsin de Akkad. Isso é hoje um fato comprovado arqueologicamente e historicamente.

Mas o mais importante nesta descoberta é que ela coloca as cidades de Sodoma e Gomorra no cenário histórico da época bíblica, exatamente no mesmo período em que a Bíblia menciona estas cidades, mostrando com uma narrativa histórica extra bíblica, que estas cidades foram reais e ficaram documentadas em culturas da época.

É importante notar que Sodoma, Gomorra, Admá, Zeboim e Zoar foram cidades que teriam se localizado no Vale de Sidim, onde agora é o mar salgado região que segundo tradições antigas, tem atraído muito a atenção de estudiosos e historiadores

Disse, pois, Abraão a Ló: Peço-te que não haja contendas entre mim e ti, nem entre os meus pastores e os teus pastores, porque somos irmãos. Eis diante de ti todo o país; rogo-te que te apartes de mim; se fores para a esquerda, eu tomarei a direita; se escolheres a direita, eu irei para a esquerda" (Gn 13.6-9). Abraão deixou que Ló escolhesse. Despreocupado, como geralmente são os jovens, Ló optou pela melhor parte, a região do Jordão. Ela era "... toda regada de água" e abençoada por uma exuberante vegetação tropical, "como o paraíso do Senhor e como o Egito até Segor" (Gn 13.10). Ló vai para Sodoma.

Das cadeias de montanhas cobertas de bosques, no coração da Palestina, Ló desceu para leste, entrou com sua gente e seus rebanhos no vale do Jordão ao sul e, finalmente, levantou suas tendas em Sodoma. Ao sul do mar Morto havia uma planície fertilíssima, o "Vale de Sidim, onde agora é o mar salgado" (Gn 14.3). A Bíblia enumera cinco cidades nesse vale: Sodoma, Gomorra, Adama, Seboim e Segor (Gn 14.2).

Flávio Josefo, historiador judeu que viveu os últimos anos da sua vida em Roma, cita repetidamente um "lago de asfalto". Os gregos falavam com insistência em gases venenosos que se desprenderiam por toda parte nesse mar, e os árabes diziam que havia muito nenhuma ave conseguia voar até a outra margem. Segundo eles, ao sobrevoá-lo, as aves se precipitavam subitamente na água, mortas. Fato este que só viria a fortalecer a existência de Sodoma e Gomorra naquelas proximidades pois um dos principais fatores que teriam ajudado a gerar os pecados destes povos era a sua riqueza, soberba, fartura de pão e grande ociosidade

"Eis que esta foi a iniqüidade de Sodoma, tua irmã: SOBERBA, FARTURA DE PÃO, E ABUNDÂNCIA DE OCIOSIDADE teve ela e suas filhas; MAS NUNCA FORTALECEU A MÃO DO POBRE E DO NECESSITADO. E se ENSOBERBECERAM, E FIZERAM ABOMINAÇÕES diante de mim; portanto, vendo eu isto as tirei dali."(EZE 16:49,50)

Ou seja quando se fala de um lago de asfalto é o mesmo que betume, ou limo, que era um dos mais valiosos artigos usados no mundo antigo. Seu uso ia desde remédios, mumificações, e até para calafetar os navios, foi usado na Arca de Noé, e até na arca de juncos onde Moisés foi colocado quando era um bebê. Em suas várias formas o betume é uma das substâncias mais usadas pela humanidade desde a mais remota Antiguidade.

Nas tábuas de Ebla, pode-se ver uma lista de algumas compras feitas na época; o preço para cada artigo em prata. Dos preços, o mais alto é o do betume. As pessoas destas cidades só tinham que vender o produto; não tiveram nenhuma razão para se ocupar de trabalho duro.
Este betume também pode ter provido um catalisador na conflagração do que aconteceu nesta planície. Betume, ou poços de limo, são o resultado de uma reserva subterrânea de petróleo que escoa para a superfície. E todas as reservas de óleo possuem gás natural associado, que pode vazar no ar. Tudo isto é especulação, menos as evidências que naquela região ocorreu um cataclismo no qual um lago se formou, bloqueando o fluxo do rio, devastando a campina inteira.

UMA CATÁSTROFE DOCUMENTADA

Se as descobertas dos tabletes cuneiformes da antiga cidade de Ebla, serviram para colocar as cidades de Sodoma e Gomorra no cenário histórico, como cidades reais. Isso provaria sem sombra de dúvidas, que estas cidades existiram realmente e que a Bíblia não mentiu ao menciona-las. Mas no entanto não comprova que foram destruídas pela ira de Deus com fogo e enxofre.

A DESCOBERTA

Em 1978 ao longo da costa israelense do Mar Morto o arqueólogo aficionado Ron Wyatt avistou estranhas formações de cores claras que se pareciam muito com paredes de edifícios.

Ron não tinha nenhum interesse até então, de procurar indícios sobre as cidades bíblicas. Mas aquele fato lhe chamou bastante a atenção.

Passaram-se alguns anos e finalmente Ron Wyatt, afirmou ter supostamente encontrado as duas cidades mencionada na bíblia como Sodoma e Gomorra.

Ele afirmou ter encontrado cinco locais espalhados pela região, que haviam fortes possibilidades de terem sido cinco cidades. Isto ocorreu em 1989.

Numa dessas áreas, ele descobriu uma formação seccionada expondo o interior do material, exibindo um efeito de tal maneira óbvio, que se convenceu que estas formações não eram geológicas.

A descoberta de Ron era fortalecida pela narrativa bíblica pois as descobertas anteriores afirmavam que as cinco cidades bíblicas estariam todas num mesmo local do termo sul do Mar Morto. Enquanto a Bíblia as citava a uma certa distância umas das outras. Foram mencionados quatro das cidades formando parte dos limites dos Cananitas:

GEN 10:19 - "E foi o termo dos Cananeus desde Sidom, indo para Gerar, até Gaza; indo para Sodoma e Gomorra, Admá e Zeboim, até Lasa."

Os locais que Ron encontrou estavam alinhados ao longo de mais de trinta quilômetros, um conceito fantástico para quem estava familiarizado e nunca tinha considerado que estavam incorretas todas as teorias que diziam que as cidades eram agrupadas.

Mas a localização que chamou mais atenção foi a da cidade de Zeboim. Ela estava a várias quilômetros ao norte do Mar Morto, passando Jericó, era uma distancia muito longa. No entanto isso só veio a fortalecer a descoberta de Ron e a narrativa bíblica pois no livro de I Samuel está mencionando que Zeboim era mais afastada:

I SAM 13:16-18 - E Saul e Jônatas, seu filho, e o povo que se achou com eles, ficaram em Gibeá de Benjamim; porém os FILISTEUS SE ACAMPARAM EM MICMÁS. E os saqueadores saíram do campo dos Filisteus em três companhias; uma das companhias foi pelo caminho Ofra à terra de Sual. Outra companhia seguiu pelo caminho de Bete-Horom, e a OUTRA COMPANHIA FOI PELO CAMINHO DO TERMO QUE DÁ PARA O VALE DE ZEBOIM NA DIREÇÃO DO DESERTO.

Examinando um mapa, é possível ver que esta descrição dos Filisteus que saem de Micmás numa companhia que vai ao norte, outra foi ao lado ocidental, e a última diretamente ao leste para o Vale chamado Zeboim; no mesmo lugar onde Ron achou o último local! Fazia sentido que o nome da cidade fosse preservada embora a cidade estivesse destruída há muito tempo, da mesma maneira que o Monte Sodom ainda hoje preserva o nome Sodoma. Israel tinha deslocado os Cananitas; Zeboim era uma cidade na fronteira de Canaã, e agora seus restos estão na fronteira de Israel.

Em local próximo a Masada NO ANO DE 1989 Ron colheu amostras de um material branco que se desintegrava na mão com a mesma consistência de talco. Material este que também chamou muito a atenção de Ron.

Ao perguntar para algumas pessoas no local que tipo de material seria aquele. Alguns afirmaram que tinha se formado quando àquela área era coberta pelo Mar Morto. Mas ao se examinar minuciosamente o material em laboratório, constatou-se que se tratava de "cinzas".

O SURGIMENTO DE MAIS COMPROVAÇÕES

A Bíblia afirma que Sodoma e Gomorra foram destruídas por fogo e enxofre que Deus fez chover do céu. Imaginemos então que bolas de enxofre fogo caiam sobre a terra como se fossem meteoritos em chamas. E tudo foi destruído, as cidades foram exterminadas, juntamente com toda aquela campina, todos os seus habitantes e até mesmo o que nascia na terra. Fogo e muito betume... uma boa combinação!

Há uma menção deste acontecimento no novo testamento escrita pelo apóstolo Pedro: II PE 2:6 - "E condenou à destruição as cidades de Sodoma e Gomorra, reduzindo-as a cinzas, e pondo-as para exemplo aos que vivessem impiamente;"

Este verso, nos fala que as cidades tornaram-se em CINZAS; isso parece uma conclusão lógica, elas foram destruídas através do fogo!

A destruição destas cidades aconteceu aproximadamente a 3.900 anos atrás, assim é espantoso achar os restos desses montes de cinzas de cor mais clara que as rochas. Que as cidades foram destruídas de maneira Divina; e seus restos também foram preservados de uma maneira Divina. Estes montes não são compostos pelo tipo de cinza que nós comumente pensamos que será soprada pelo vento. É cinza compactada; o material superficial é denso, mas quando quebrado a substância interior é muito mais suave, esmagando na mão, reduz-se a pó.


Considerando que combustão é um processo químico, descobrimos que no estudo do Francês Lavoisier, sobre a natureza do oxigênio, ele descobriu que substâncias queimadas com enxofre forma cinzas mais PESADAS que a substância original. O evento da destruição destas cidades foi o resultado de uma reação química cuidadosamente controlada que aconteceu MUITO rapidamente, contudo manteve um equilíbrio e não resultou em explosão.

A rapidez na destruição destas cidades (a planície inteira) através do fogo é provado na cronologia de eventos na Bíblia. Nós sabemos que o evento não começou até Ló e a sua família estar completamente fora de Sodoma, em Zoar: Gen 19:23-24 - "Saiu o sol sobre a terra, quando LÓ ENTROU EM ZOAR. ENTÃO O SENHOR FEZ CHOVER ENXOFRE E FOGO, do SENHOR desde os céus, sobre Sodoma e Gomorra;"

O sol já tinha subido quando a conflagração começou: Gen 19:27-28 - "E Abraão levantou-se aquela mesma MANHÃ, de madrugada, e foi para aquele lugar onde estivera diante da face do SENHOR; E olhou para Sodoma e Gomorra e para toda a terra da campina; e viu, que a "FUMAÇA DA TERRA SUBIA, COMO A DE UMA FORNALHA." Quando Abraão viu o céu cheio de fumaça, certamente estava conduzindo seus rebanhos, o evento já havia terminado.

Uma das características interessantes destes locais é que o material claro das cinzas apresenta-se formando centenas de camadas, nenhuma muito espessa. Em temperaturas muito altas ao incendiar-se metais de alcalinos (ex. sódio e cálcio) os íons positivos e negativos atraem-se e repelem-se resultando neste efeito de camadas. Sabemos que as chamas tiveram que ser extremamente quentes para calcinar pedra e metais completamente; sabemos que há uma tremenda quantidade de sódio (sal) na região; a água do Mar Morto tem a mais alta concentração de sal no planeta; e o maior reservatório de sal, o Monte Sodom, também está nessa área.

Uma dificuldade potencial surgiu quando Ron achou cinco locais em vez de quatro. A Bíblia conta que foi permitido a Ló e suas filhas fugir para Zoar para escapar da destruição iminente. Esta quinta cidade foi localizada há poucos quilômetros ao sul do que teria sido Sodoma. Entre pequeno local e Sodoma são um segmento de Mt. Sodom, e isto ajusta-se perfeitamente com o Gênesis.

Quando a esposa de Ló permaneceu olhando para atrás, ela foi transformada em sal, o que indica haver outro processo que também aconteceu naquele momento. Neste processo tudo que estava numa área particular cobriu-se de sal, e parece que a esposa de Ló foi alcançada por isso.

Este quinto local é extremamente pequeno comparado com os outros quatro, e estava num lugar perfeito. Nós sabemos que Zoar não foi destruída junto com Sodoma e Gomorra! Novamente, achamos a resposta na Bíblia:


Gen 19:30-32 - "E subiu Ló de Zoar, e habitou no monte, e as suas duas filhas com ele; porque TEMIA HABITAR EM ZOAR; e habitou numa caverna, ele e as suas duas filhas. Então a primogênita disse à menor: Nosso pai já é velho, e não HÁ HOMEM NA TERRA que entre a nós, segundo o costume de toda a terra; Vem, demos de beber vinho a nosso pai, e deitemo-nos com ele, para que em vida conservemos a descendência de nosso pai."

Por alguma razão Ló ficou amedrontado de morar em Zoar com suas filhas. A próxima coisa que lemos é que eles ficaram numa caverna, Ló com as duas filhas solteiras, e após ter sido embriagado engravidou-as. Isto foi escrito por alguma razão, logo após deixar Zoar acredita-se que eles julgavam ser as únicas pessoas vivas naquela terra.

Por que eles pensariam isto? A não ser que tivessem testemunhado a destruição de Zoar. A área que tinha sido afetada pela conflagração que destruiu Sodoma e Gomorra era extremamente grande, e para Ló e as suas filhas, provavelmente era como se o mundo inteiro tivesse sido destruído, com exceção da pequena Zoar.

Conclui-se então que eles moraram em Zoar e testemunharam o fato de seus habitantes serem da mesma maneira maus como os de Sodoma, esperaram para logo a destruição, o que realmente aconteceu. Se foi nos próximos dias, semanas ou meses, não temos nenhum modo de saber.

Mas apesar de todas as descobertas ainda era preciso algo mais conclusivo para tornar a descoberta de Ron oficial.

A PROVA FINAL

Os acontecimentos que se iniciaram em agosto de 1990 tiveram um papel importante na validação das descobertas de Ron. Até então, Ron pressentia que estava envolvido em uma situação que revelaria coisas muito importantes, mas lhe faltava a certeza que deveria ser apresentada ao mundo.

Neste ano foi descoberto algo que não havia sido notado no que se referia as estranhas amostras de cinzas encontradas espalhadas em toda a região de Sodoma e gomorra. Ao ser manuseada, uma das amostras partiu-se, revelando em seu interior um material branco e duro incrustado, perfeitamente redondo cercado por um anel avermelhado. Esta bola branca atraiu bastante a atenção de Ron.

Um outro acontecimento importante foi o interesse repentino de Richard Rives; que leu um livro de Ron e ficou muito interessado na pesquisa. Richard possuía uma agência de viagens e se ofereceu a colaborar com o que fosse necessário, inclusive passagens de avião, isso facilitaria muito o trabalho dos exploradores.

Dois meses depois, em outubro de 1990, Ron e Richard voltaram ao local próximo a Masada, onde estávam seguros de ser Gomorra. No local havia chovido recentemente, um acontecimento bastante raro (somente 6 a 12 mm de chuva por ano).

O fato de ter chovido melhorou a visibilidade do local, mostrando agora mais detalhes das construções corroídas também pela erosão.

Richard viu o que parecia uma escavação à frente, caminharam até o local e descobriram um grande pedaço de cinza que há pouco havia caído de uma seção mais alta, provavelmente por causa da chuva. Ron viu as numerosas bolas brancas dentro do pedaço de cinza, todas cercadas por um escuro anel avermelhado. Pelo cheiro ele souberam que as bolas brancas eram de enxofre na forma cristalina; era a evidência que eles precisavam.

Depois da chuva todo o trabalho ficou mais fácil, pois a chuva limpou o lugar, removendo algumas camadas de cinza soltas que antes cobria muito da superfície.

Ron pode perceber com isso que as bolas brancas estavam em toda parte no local, isso antes não era visível. O material cristalino avermelhado que cercava as bolas de enxofre mostravam que estas bolas que se preservaram no interior das cinzas tinham passado pelo fogo.

Iniciou-se então uma pesquisa para se saber se estas formas de enxofre eram encontradas em outras partes do mundo. O instituto Smithsonian possuía uma vasta coleção de amostras de enxofre vindas de vários lugares do mundo. Mas nada era igual as amostras que Ron colhera nas supostas Sodoma e Gomorra.

Enxofre com alto grau de pureza e na forma de bolas não é encontrado em qualquer outro lugar do mundo, exceto nesta região. As bolas foram encontradas também mais ao norte, formando a convicção que a campina originalmente era muito extensa.

A Bíblia menciona que a campina inteira foi incluída na destruição das cidades: GEN 19:25 - "E destruiu aquelas cidades e toda aquela campina, e todos os moradores daquelas cidades, e o que nascia da terra."

Isso explicaria o por que das bolas de enxofre serem encontradas ao longo de toda a região.

Em janeiro de 1991, numa área ao longo do Rio Jordão, fora dos limites da campina e dentro de um posto de fiscalização cercado com arame farpado; foi achada Zoar. Agora era preciso conferir cada um dos cinco locais e verificar se haviam bolas de enxofre neles. Quando este local foi explorado nas estruturas de cinzas também foram achadas as bolas brancas de enxofre.

A existência de bolas de enxofre envoltas em fogo e com um teor de pureza sem igual fortaleceria a idéia de que estes artefatos caíram do céu. Provando-se assim a narrativa Bíblica sobre a destruição de Sodoma e gomorra.


Sodoma é sem dúvida de todos os locais, o maior e o mais difícil de ir, exige até escalada; esta situada atrás de Mt. Sodom na área que se estende direito até as montanhas; lá, também encontramos o enxofre. Ron e sua equipe comprovaram a existência das bolas de enxofre em todas as cidades, com exceção de Zeboim ao norte de Jericó.

Os locais sofreram uma tremenda erosão, o mais preservado, sem dúvida é Gomorra. Admá, ao norte do Mar Morto, por não estar localizada numa área protegida pelas montanhas, é exposta aos ventos; suas cinzas são de cor castanha, provavelmente devido a impurezas trazidas pelo vento; sempre que uma seção é raspada revela a cor clara das camadas interiores.

Também nas tabuas de Ebla são encontradas informações importantes que podem validar com mais probabilidade as descobertas de Ron Wyatt, pois alem dos nomes das cinco cidades, o nome de Abraão e a cultura destes povos, as tabuas também mencionam que esta região abrangia cento e quarenta acres. O registro Bíblico revela que Sodoma e Gomorra foram destruídas vinte e quatro anos depois que Abrão saiu de Harã, cidade situada a duzentos quilômetros da antiga Ebla. É mencionado nos textos de Ebla, as cidades cujos nomes refletem os parentes de Abrão: Phaliga=Pelegue; Til-Turak=Terá; e Nakhur=Naor. Mencionam também a cidade de Ur, de onde originalmente Abrão partiu. Também é mencionado um rei de uma das cidades Birsah; exatamente como na Bíblia: GEN 14:2 - "Que estes fizeram guerra a Bera, rei de Sodoma, a Birsa, rei de Gomorra, e a Sinabe, rei de Admá, e a Semeber, rei de Zeboim, e ao rei de Belá (esta é Zoar)."

Dadas as referencias históricas sobre a existência de Sodoma e gomorra é impossível deixar de crer que a Bíblia é verdadeira em seus relatos. Pois além de relatos bíblicos, temos também arqueologia e historiadores íntegros afirmando tal fato

Judas escreveu: Jd 7 - "Assim como Sodoma e Gomorra, e as cidades circunvizinhas, que, havendo-se entregue à fornicação como aqueles, e ido após outra carne, foram postas por exemplo, sofrendo a pena do fogo eterno".

_________________________

Então é isso!!! Espero que tenha gostado desta informação valiosa que nos mostra mais uma vez que "A Bíblia tinha razão!"

E este é um resumo... se desejar ler mais a fundo acesse aqui.


_________________________

Se você gostou pedimos

que comente suas

impressões abaixo.

AQUI VOCÊ TEM VOZ!!!

_________________________



2 comentários:

muito bom documento estava eu debatendo com um ateu no youtube e ele me pediu provas sobre sodoma e gomorra mais simplesmente ele e bloqueou acho que ele sabia que tinha provas e desistiu e fugiu e muito triste isso mas continue assim meu amigo ta otimo seu trabalnho


Olá li e gostei muito, estes relatos só vem a ajudar àqueles que têm duvidas(que não é o meu caso)

Áureo Santos Costa.

ausaco@bol.com.br


Visitantes Online

Nº de Acessos Total:

Nº de Acessos por País:

free counters

De onde nos visitam:

Se você gostou do Blog deixe-nos um recadinho aqui!!!

P/ Ser Amigo do Blog Clique em:

Receba Atualizações Via Email

Coloque seu E-mail aqui:

DionyMacfly® (RSS) FeedBurner

Sugestões entre em Cont@to Conosco:


Nome:

E-Mail:

Assunto:

Mensagem:


Tradutor:

Barra de vídeo:

Loading...

Quer pesquisar aqui?

Carregando...

Claro que fazemos parte!!!

Loading...

Gostou do Blog? Divulgue!!



Procurando "Smilinguidos" para confeccior folhetos, convites etc..?? Achou.

Orando...

Orando...

Leia a Bíblia

Leia a Bíblia

Quer mais Smilinguidos?

Quer um exemplo de Convite Góspel com esses Personagens?? Estes a seguir fizeram bastante sucesso pois são muito bonitos e claro, bem econômicos!!

Quem interessar deixe recadinho lá na direita do Blog e deixe o e-mail para que eu possa te enviar, dentro de alguns dias receberá, é no Word e vc pode alterar depois!

=> A tradução das figuras é a seguinte:

Se você está se sentindo meio...
Cansado, desanimado, um tanto triste, sozinho, indisposto ou até mesmo irritado.
Tenho uma notícia ótima para você... Sabe por quê? Vamos...
Levante! Dê pulos de alegria, corra, chame os seus amigos, pois temos um convite pra você: venha para...


Veja Abaixo:

Convite 01

Convite 01
Este é um exemplo que elaborei p/ casal de amigos, um exemplo do que se pode fazer com estes personagens! Está disponível no Word, se interessar deixe recadinho (Convite aberto)

Convite 01

Convite 01
E aqui é o Convite fechado, usa-se uma folha pra cada 02 Convites, grampeia-se pra fechar

Convite 02

Convite 02
Ou então desse jeito... (Convite Fechado - 02 dobras)

Convite 02

Convite 02
Abra mais uma vez... (Convite parcialmente aberto)

Convite 02

Convite 02
Esta é a Parte de dentro no tamanho folha A4 normal (Convite totalmente aberto)

Convite 02

Convite 02
Fica no Verso ( é onde fica a "tradução" das figuras dos Smilinguidos)

Aliança Missionária Transcultural Macedonia

JESUS VOLTARÁ!!!

JESUS VOLTARÁ!!!
Leia a Palavra que liberta...

Visite-nos!

Visite-nos!
Venha conhecer a Ceifa, Rua José Antonio, 1553 - Centro - Campo Grande/MS